OLHA ONDE FOI PARAR O ASTERIX…

Os franceses – além da maravilhosa comida, os excelentes vinhos e das belezas culturais e históricas – são conhecidos por suas características um tanto o quanto peculiares, diria eu. São elas: o pedantismo irritante (posto que a França, no entender deles, é o centro da cultura ocidental), o proverbial mal humor e o nacionalismo exacerbado, somado a um sentimento anti-americano bastante pronunciado – noves fora Sarkhozy e seu recente alinhamento ianque…

Cientes de suas raízes históricas e antepassados ilustres, os franceses chegam a ser intransigentes na defesa de suas personagens que integram o imaginário que circunda a criação da pátria gaulesa. Dentre elas, encontra-se a reverência ao passado céltico, especialmente na figura de Vercingétorix – o líder gaulês da resistência contra os invasores romanos, derrotado por volta do século I a.C. na batalha de Alésia pelo poderoso cônsul romano (e depois ditador) Júlio Cesar.

Apesar de ter unificado a resistência gaulesa contra as legiões romanas, Vercingétorix não chegou a ser propriamente uma unanimidade entre os gauleses. Muitas tribos célticas da região se opuseram a sua liderança, tendo inclusive se juntado aos invasores latinos. A derrota do chefe tribal arveno se deu, em grande parte, pelas dificuldades de unificação das tribos gaulesas em um único comando, e que levaram ao dramático cerco que pôs fim à resistência céltica na Gália.

No entanto, como já dizia Eric Hobsbawn, a construção de um país envolve a criação de um imaginário nacional – símbolos capazes de galvanizar o imaginário popular em torno de um conjunto de idéias políticas. No caso da construção da identidade francesa moderna, esta envolve o apelo ao passado céltico que evoca o caráter de resistência feroz dos gauleses aos invasores estrangeiros. Como não poderia deixar de ser o caso, a figura de Vercingétorix foi reconfigurada para servir de base para o imaginário da pátria e do caráter franceses, como líder brilhante, general aguerrido e depositário fiel do caráter de seu povo.

A prova disso foi a transfiguração do chefe arveno na personagem de HQ mais famosa na terra de Balzac e Victor Hugo: o simpaticíssimo e divertidíssimo Astérix – sempre acompanhado do seu hilário e rotundo escudeiro Obélix. Quem não se lembra dessas personagens quando criança?

Pois bem, não é que a cadeia americana de lanchonetes fast-food McDonald`s (sempre ela!) resolveu mexer com a figura do Astérix? Dêem uma olhada no outdoor recente – que ilustra esse post – que a empresa lançou na França esse mês, iniciando a campanha intitulada “Venez comme vous êtes” (algo como “venha como você for”). A peça apresenta o simpático gaulês dando uma festa de arromba com sua galera num restaurante da rede, enquanto o seu adversário Chatotorix permanece amarrado numa árvore do lado de fora – literalmente “barrado no baile”…

Dá para imaginar o tamanho da fúria arvena dos franceses diante dessa peça!

Pelo menos uma coisa não há de se negar: a agência Euro RSCG conseguiu um tremendo “buzz” para essa campanha…

Isso é o que se chama escrever certo por linhas tortas…   
Anúncios
  1. agosto 20, 2010 às 12:37 pm

    Depois de ler Crianças do Consumo, livro recomendado por você em sala, comecei a procurar outros títulos que tratassem do assunto. Foi assim que li Consumido: Como o Mercado Corrompe Crianças, Infantiliza Adultos e Engole Cidadãos, que já fala do flerte da cadeia de fast food com o Asterix, já que existe grande resistência ao tradicional palhaço.Essa associação não é recente, mas parece que agora conseguiram deixar os franceses irritados.Abraços.

  2. agosto 21, 2010 às 6:13 pm

    Cara, esse livro é muito bom! Eu agora estou atrás de uma série que vi algum tempo atrás sobre Marketing Infantil.Abraços!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: