Início > Copa do Mundo, Futebol, Marketing, Marketing Esportivo > A COPA DO MUNDO E O MARKETING ESPORTIVO

A COPA DO MUNDO E O MARKETING ESPORTIVO

Uma semana após o início da Copa do Mundo de Futebol, o mundo inteiro foi apresentado a uma série de novos personagens – como, por exemplo, a azucrinante “vuvuzela” e a infame Jabulani (apelidada pelos jogadores de “bola de supermercado”); e também a outras nem tão novas assim, como o mal-humor incomensurável do Dunga e a fanfarronice de Don Diego Maradona.

Como nessa época as companhias de material esportivo despejam “rios de dinheiro” nas seleções nacionais – e que não são nem tanto assim, diga-se de passagem, graças ao grande número de jogadores naturalizados oriundos de outros países -, vejamos o portfólio de cada uma delas:

. Adidas (12 seleções): África do Sul (Bafana Bafana), México, França (Les Bleus), Argentina, Nigéria, Grécia, Alemanha, Japão, Dinamarca, Paraguai, Eslováquia e Espanha (La Furia).

. Nike (10 seleções): Brasil, Portugal, Coréia do Sul, Estados Unidos, Eslovênia, Sérvia, Austrália (Socceroos), Holanda (Laranja Mecânica), Nova Zelândia (All Whites) e Inglaterra (com a Umbro),

. Puma (7 seleções): Itália (Azzurra), Uruguai (Celeste), Suíça, Costa do Marfim (Elefantes), Argélia, Gana e Camarões.

. Outros (3 seleções): Chile (Brooks), Honduras (Joma) e Coréia do Norte (Legea).

Finda a primeira semana do torneio, as decepções são em número muito maior do que as surpresas. São elas: o fracasso de quase todas seleções africanas (pelo menos as mais famosas), o fiasco homérico dos gauleses (com direito a xingamentos entre técnico e jogadores, seguido de uma inédita greve desses últimos), o “sapato alto” de Cristiano Ronaldo, o futebol horroroso do English Team e a ridicularidade da seleção italiana.

Destaques: além das obviedades de Brasil e Argentina, os outros selecionados sul-americanos estão muito bem nesse início de torneio; além disso, “zebras” como os All Whites, a Grécia e os norte-americanos tornam essa Copa uma das mais esquisitas desses últimos tempos…

Ainda nos devem apresentações dignas da história pregressa: Alemanha, Holanda, Espanha e Portugal. 

A conferir, pois amanhã de manhã cedinho jogam os patrícios
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: