NEUROMARKETING "BRAZUCA"

Uma das questões mais prementes no Brasil, no que toca à questão da inovação, é a baixa integração entre a iniciativa privada e as universidades (sejam elas públicas, privadas ou confessionais), e os seus respectivos centros de pesquisa.

Isso se deve em grande parte a uma gama complexa de fatores, que podem ser resumidos em única palavra: “miopia” de ambos os lados. Miopia por parte do empresariado, que concebe as universidades como instituições retrógradas, reprodutoras do conhecimento e com uma baixa cultura de inovação por parte dos seus docentes. Miopia por parte das universidades – e, em especial, no caso da universidades públicas -, uma vez que estas entendem as empresas privadas como o verdadeiro “demônio” a ser exconjurado, o inimigo a ser derrotado quando o assunto é o investimento de verbas privadas na pesquisa acadêmica.

Como as universidades públicas são dominadas por uma nefasta e retrógrada cultura sindical, o estabelecimento de qualquer tipo de parceria desse tipo equivale ao fantasma da “privatização” do ensino público, gratuito e cidadão. Daí, nada anda! Haja visto a discussão mal-parada das fundações universitárias, o que por si só dá panos para a manga…

Felizmente, essa mentalidade fundamentalista e tacanhamente sindical está mudando, e a cada ano que passa observa-se um número significativo de parcerias entre universidades e empresas privadas. Isso graças as incubadoras de empresas, a entrada em cena de gestores universitários com a “cabeça” mais arejada e menos radical, além do nascimento de uma cultura empreendedora e inovadora no seio da comunidade acadêmica brasileira.

Um desses exemplos pode ser visto agora. No final de 2009, foram selecionadas nove empresas para integrarem a incubadora de empresas da Coppe (Programa de Pós-Graduação em Pesquisa em Engenharia), situada no campus da UFRJ na Ilha do Fundão. Dentre elas, destaca-se a Forebrain, empresa cujo objetivo é o de empreender pesquisas sobre neuromarketing utilizando o que há de mais moderno nas tecnologias de neuroimagem cerebral.

A empresa nasceu no Laboratório de Neurobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, um das “jóias da coroa” da prestigiada universidade. Utilizando a expertise acumulada e o capital humano disponível a partir de uma base sólida de pesquisadores, a Forebrain é uma das primeiras iniciativas nacionais a se debruçar sobre uma das áreas mais atuais, polêmicas e controversas da pesquisa do Comportamento do Consumidor.

Fugindo dos métodos tradicionais de investigação do consumidor, tais como os questionários fechados e as pesquisas de observação, o neuromarketing utiliza técnicas sofisticadas de escaneamento do funcionamento cerebral (leia-se, ressonância magnética) a fim de compreender quais áreas cerebrais estão envolvidas durante determinadas situações ou decisões de compra. Ou seja, tecnologia pura…

Fico extremamente feliz com isso, pois o Brasil é também um celeiro de talentos acadêmicos, e não apenas um exportador de talentos em áreas como a moda, o futebol e a música. Afinal, como diria o velho aforisma, está na hora dessa gente bronzeada mostrar o seu valor para o mundo…
Anúncios
  1. Filipe Frota
    janeiro 20, 2010 às 3:53 pm

    Que legal! Quanto será que vão cobrar para estas pesquisas? Nos EUA estão cobrando 2,000usd por subject / hora. Vai ser uma ótima ferramenta para aprimorar o composto de marketing de produtos ou serviços..Abraço!

    • junho 5, 2010 às 2:12 am

      A Biofeeling é uma empresa do Grupo Triunfo Empresarial e já é uma presença forte neste de mercado de neuromarketing. Com Um tecnologia 100% brasileira já vem conquistando grandes clientes que querem entender além do cognitivo. Contato 19 2139 9000 ou direto comigo pelo 19 9198 6043. Sucesso a todos.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: