Início > Apple, Fundamentalismo, Internet, iPhone, Islã, Religião > QUE MARAVILHA É A TECNOLOGIA…

QUE MARAVILHA É A TECNOLOGIA…

Para quem é guiado pela mídia de massa global, tendenciosamente ocidental, que busca reduzir outros povos, culturas e etnias a um bando de desinformados, brucutus e anti-tudo, a foto ao lado fala por si só. Mostra que a tecnologia, assim como qualquer coisa da vida, é capaz de trazer, ao mesmo tempo, the good, the band and the worst…

A foto em tela, destaque no mundo inteiro essa semana, é do ex-embaixador do Talibã no Paquistão, o mulá Abdul Salam Zaleef, envergando o seu “brinquedinho” predileto: um iPhone.

Para quem não se lembra, após os atentados de 11 de setembro e às vésperas do ataque americano ao Afeganistão, Zaleef tornou-se a face pública do regime talebã, dando entrevistas e coletivas para os mais diferentes veículos de comunicação do mundo – CNN, BBC, Fox, Al-Jazeera, Al-Arabia -, e vociferando contra as agressões americanas, que o regime talebã era inofensiva, e coisas do tipo.

Eloquente, enfático, menos raivoso e fluente em inglês, o mulá era figurinha fácil até a “casa cair”, e o camarada ser preso no Paquistão. Depois, passou uma temporada caribenha na prisão de Guantánamo, foi solto, e agora colabora com o governo americano em contatos esporádicos com a insurgência talebã, que continua presente e ativa no Afeganistão. Pelo menos, como o noticiário nos mostra, é bomba explodindo todo o dia por lá…

Segundo declarações aos órgãos de imprensa, Zaleef afirmou que o seguinte sobre o gadget de Steve Jobs: “É fácil e moderno. A internet é ótima, muito rápida. Sou viciado”.

Cai o pano…

Em tempo: muitos extremistas e fundamentalistas religiosos, tanto islâmicos, cristãos quanto de outras confissões, há muito tempo se apropriaram das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) como poderosos veículos de difusão de suas mensagens a uma audiência cada vez maior, além de serem ferramantas de auxílio na coordenação de ataques e atentados. Portanto, longe da imagem pasteurizada que a mídia de massa global nos faz acreditar, não estamos diante de um bando de iletrados, ignorantes e medíocres barbudos, que vestem uma pesada roupa preta e envergam óculos de lentes grossas e aros pesados que perpetram estes atos. Estamos falando de coisas muito mais sofisticadas e que, ao fim e ao cabo, nada mais são do que o resultado do processo de globalização impulsionado pela difusão das TICs. E, como em qualquer tecnologia, este processo traz o pacote todo. Isto é, the good, the bad and the worst…
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: