Início > Gastronomia, Imagem de Marca, Indústria Alimentícia > O NOVO BLEND DA NESPRESSO

O NOVO BLEND DA NESPRESSO

Sexta-feira passada, na parte da tarde, resolvi passar na boutique Nespresso para reabastecer o meu estoque de cápsulas de cafés especiais. Isto é o que eu chamo de unir o útil ao agradável: um ambiente relaxante e sofisticado, seguido de uma experiência gastronômica do mais alto nível. Afinal, como um bom brasileiro, aprecio um bom café – especialmente um espresso, meu último hobby

Claro que aproveitei o ensejo para experimentar o novo blend da Nespresso – intitulado Jinogalpa. Feito com grãos 100% arábica cultivados no terroir exótico (leia-se, lagos e rios, solos vulcânicos e florestas úmidas) dos estados de Matagalpa e Jinotega, situados na região centro-norte montanhosa da Nicarágua, perto da fronteira com Honduras, este Grand Cru Special Club 2008 – sim, o recurso à linguagem da vitivinicultura é proposital – é bastante interessante. Tanto o é que esse Escriba levou algumas cápsulas desse café Made In Nicaragua para sorver no aconchego do seu lar…
Trata-se de um café forte (intensidade 6), bastante equilibrado em termos de doçura e acidez, com notas doces de sândalo e tons herbais refrescantes. Sua complexidade se deve às características do próprio solo no qual é cultivado – acima de 1.100 metros na região de Matagalpa, e 1.400 metros em Jinotega -, e seu crema (a “espuma” que cobre a bebida) é bastante leve.
Enfim, para quem, como esse Escriba que vos fala, aprecia um bom espresso encorpado, o Jinogalpa certamente é uma boa pedida. Assim como, é óbvio, os outros blends na Nespresso
Antes que os meus leitores pensem que fui “comprado” pela Nespresso, ou que esse Escriba sucumbiu aos encantos do marketing, façam um teste: degustem os blends da marca, e depois me digam o que vocês acharam. Faço estes posts por livre e espontânea vontade, ou melhor, pelo puro prazer que uma boa xícara de espresso me desperta…
Além de ser um néctar dos deuses, o café anima, estimula e ilumina o nosso ânimo. Pena que vocês não possam sorver um pouco da rubiácea que encontra-se ao lado do meu notebook, enquanto digito estas pobres linhas. No entanto, se quiserem degustá-lo, basta ir a uma butique Nespresso que as atendentes gentilmente irão preparar um café daqueles para vocês…
Bom domingo a todos!
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: