Início > Copa Africana, Egito, Esporte, Futebol > E O EGITO É HEXACAMPEÃO

E O EGITO É HEXACAMPEÃO

O contato desse Escriba com o futebol africano é bastante superficial. Se resume às partidas dos selecionados africanos na Copa do Mundo e, por vezes, a presença de seus jogadores nos campeonatos europeus. Como o futebol é um negócio verdadeiramente global, a presença de craques saídos do continente é mais do que frequente. Os exemplos são vários: os estelares atacantes Dider Drogba (da Costa do Marfm, que joga no Chelsea, da Inglaterra), Samuel Eto’o (camaronês do multiplatinado Barcelona, da Espanha), Frederic Kanoute (de Mali, que faz dupla de ataque com o brasileiro Luís Fabiano, no Sevilha, também da Espanha), Obafemi Martins (nigeriano que joga no Newcastle, da Inglaterra) e o volante ganês Michael Essien (que também joga com Drogba no Chelsea).

Quase todas as seleções do continente têm jogadores espalhados pelo globo, e muitos outros nasceram em países como Angola, Marrocos, Senegal e Tunísia, que estiveram presentes na edição desse ano do torneio.
Curiosamente, o campeão da edição esse ano da Copa Africana de Nações é um selecionado composto pela maioria dos jogadores que jogam no próprio país, e também é treinado por um técnico “nativo”. Estou falando do Egito, que ganhou pela sexta vez o torneio na final da seleção de Camarões, a “eterna expectativa”. 1 X 0, gol do artilheiro Aboutrika, após uma “lambança siderúrgica” do zagueiro e capitão camaronês Rigobert Song, que dominou mal na entrada da área e perdeu a bola para o “raçudo” atacante egípcio Zidan. No futebol competitivo de hoje, um vacilo e créu! A partida vai por água abaixo…
Quem viu o jogo teve uma tremenda decepção com o time de Camarões. Desde a Copa do Mundo de 1990, a mídia internacional faz uma festa com os chamados Leões Indomáveis, muito em parte graças ao futebol ofensivo praticado peloo selecionado, bem como a elevada qualidade técnica de seus jogadores. No entanto, trata-se de um time forte no ataque, mas fraco na defesa e desequilibrado no meio-de-campo. Em compensação, o time egípcio não conta com jogadores de grande destaque, mas joga “fechadinho”, e sai no contra-ataque em velocidade com dois atacantes mortais: Zidan e Aboutrika.
Os Faraós deram um trabalho daqueles para o goleiro camaronês Kameni, que se tornou o destaque do time camaronês. Já na primeira fase, ficou claro que os Leões não teriam moleza com os Faraós: na estréia, o Egito bateu com facilidade o time de Camarões, pelo placar de 4 X 2. Agora, na final da Copa Africana, os egípcios confirmaram a hegemonia no continente, conquistando pela sexta vez o título do torneio – as outras vezes foram em 1957 (ano em que a competição se iniciou), 1959, 1986, 1988 e 2006.
Além de Aboutrika e Zidan, os Faraós possuem também outros jogadores de destaque, como o goleiro Al Hadary (eleito o melhor da competição na posição), o camisa 10 Moteab, Abd Rabou e o capitão Ahmed Hassan. Enquanto isso, o multi-estelar atacante do Barcelona Samuel Eto’o teve uma atuação bastante discreta, jogando sozinho e dando um único chute a gol durante a partida inteira. Assim, não dá para ser feliz…
No entanto, por ironia do destino, a participação dos dois selecionados na Copa do Mundo é bastante antagônica. Enquanto Camarões se destaca revelando jogadores para o mundo inteiro, o Egito participou de poucas edições da competição, sendo eliminado sempre na primeira fase….
Quem sabe que, com esse título, os Faraós resolvam emplacar de vez do cenário mundial? Anyway, parabéns aos campeões. As ruas do Cairo devem estar em festa até agora….
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: