TNS COMPRA LATIN PANEL

O movimento de fusões e aquisições continua frenético em nosso país. Segundo matéria publicada no jornal Valor Econômico de 6/12/07, a notícia do momento é a compra da empresa brasileira Latin Panel pelo terceiro maior grupo mundial de pesquisas de mercado, o Taylor Nelson Sofres (TNS). Com isso, a TNS afastou do controle da empresa os ex-sócios Ibope e NPD, que ajudaram a criar o Latin Panel junto com o TNS em 1998.

A empresa britânica também é dona da Interscience, e com essa aquisição o grupo irá ter o domínio sobre duas grandes metodologias de pesquisa de mercado: os painéis de consumo (a especialidade do Latin Panel) e as pesquisas ad hoc (realizadas pela Interscience). O faturamento estimado do Latin Panel é de aproximadamente R$ 50 milhões, em 2006.

Os painéis de consumo são pesquisas que procuram determinar os hábitos e preferências dos consumidores, a partir de uma análise da cesta de produtos e serviços adquiridos ao longo do mês por diferentes targets de consumidores (normalmente por classe econômica). Por serem pesquisas contínuas – isto é, utilizam amostras fixas – são mais caras e proporcionam a criação de séries temporais onde evolução dos hábitos de consumo é mais facilimente visualizada pelos profissionais de marketing.
Já as pesquisas ad hoc – também conhecidas como ocasionais – são as mais populares em marketing, por não utilizarem uma amostragem fixa. Em função disto, além de serem mais baratas que as pesquisas contínuas, os seus resultados são um instantâneo do momento da coleta de dados, o que leva a uma perecibilidade maior da informação de mercado produzida.
O grupo britânico TNS opera em 75 países, e teve um faturamento de US$ 1,85 bilhão em 2006. Seus produtos abrangem uma gama variada de pesquisas de mercado, como inteligência de mídia, serviços de mensuração de audiência em rádio e televisão, pesquisas para posicionamento de marcas, de opinião pública, desenvolvimento de produtos e inovaçao, além dos painéis de consumo.
Na liderança do segmento mundial de pesquisas de mercado, encontra-se a Nielsen (US$ 3,7 bilhões de faturamento em 2006), seguida do grupo IMS Health (com US$ 1,95 bilhão de faturamento em 2006). A concentração de negócios no segmento é alta, sendo que as dez maiores empresas faturaram cerca de 61% do volume arrecadado na área – por volta de US$ 24,6 bilhões em 2006.

A entrada da TNS torna acirrada a competição entre as empresas brasileiras que oferecem os serviços de painéis, divididos atualmente entre o Ibope (painéis de mídia), a Nielsen (painéis de loja) e o Latin Panel (painéis de consumidores).

Com a saída do Latin Panel, o Ibope deseja concentrar as suas atividades nas suas divisões Ibope Inteligência (responsáveis pelas pesquisas ad hoc e de opinião pública) e Ibope Mídia (medição de audiência e investimentos publicitários).
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: