Início > Brasil, Comportamento do Consumidor, Demografia, Marketing, Saúde > O AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA NO BRASIL

O AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA NO BRASIL

Quando falo nas minhas aulas que a expectativa de vida no Brasil vem aumentando a passos largos, um certo ar de incredulidade e de espanto toma conta da mente dos meus alunos. No entanto, o IBGE divulgou hoje os dados mais recentes sobre a evolução da expectativa de vida de nossa população… E não é que ela aumentou? Incrível, não acham?

Então, aos números: em 2006, a expectativa de vida do brasileiro ao nascer era de 72,3 anos, contra 71,9 anos em 2005! Em termos de gênero, mulheres vivem 76,1 anos contra 68,5 para os homens em 2006, contra 75,8 anos para mulheres em 2005 e 68,2 anos para homens

Só para fins de comparação: em 1960, a expectativa média de vida do brasileiro era de 54,6 anos!!! Como, então, explicar esse aumento da longevidade em nosso país?
A explicação é multi-causal. Dentre os inúmeros fatores, pode-se observar uma melhoria das condições de vida da população – incluso a melhoria das condições sanitárias das habitações -, o incremento das taxas de vacinação, o aumento da preocupação com a qualidade de vida (leia-se, a adoção de exercícios físicos, dietas e a alimentação balanceada) e a expansão dos programas de medicina profilática de massa em nosso país – diga-se, construção e aparelhamento dos postos de saúde, a implementação dos programas de saúde da família por parte dos municípios e a melhora significativa das condições nutricionais das crianças, além da escolarização e da urbanização…

Em termos regionais, a expectativa de vida do brasileiro está assim dividida:

. Região Sul74,5 anos.

. Região Sudeste/Centro-Oeste73,6 anos.

. MÉDIA BRASIL – 72,3 anos.

. Região Norte70,8 anos.

. Região Nordeste69 anos.

Nos Estados, o Distrito Federal lidera o ranking da Federação: 75,1 anos de expectativa média de vida. No outro extremo, o Estado de Alagoas ocupa o último lugar com 66,4 anos. Em termos de gênero, a maior expectativa de vida para os homens está no Estado de Santa Catarina (71,8 anos), contra 62,4 anos em Alagoas. No caso das mulheres, novamente o Distrito Federal se destaca com 78,9 anos contra o último lugar, o Estado de Alagoas, com 70,4 anos.

As perguntas, é claro, não param de serem engendradas: estamos, ou não, caminhando a passos largos para um país de idosos? O conceito de terceira idade terá de ser ampliado, ou até mesmo, relativizado? Será que os Governos municipais, estaduais e federal, bem como as empresas privadas estão preparados para essas novas exigências macroambientais? Como a iniciativa privada irá atender as necessidades e os desejos deste crescente segmento social e populacional?

Aguardo os comentários dos meus nobres e estimados leitores a esse Escriba…
Anúncios
  1. Creuza Moura
    dezembro 5, 2007 às 2:44 pm

    Olá

    Pelo andar da carruagem, o Brasil terá de criar novos mecanismos de sobrevivência. deixar de lado preconceitos e paradigmas para aproveitar uma força de trabalho super produtiva e experiente. que ainda tem “muito suco” pra dar.
    mas enquanto acharmos que podemos seguir os modelos da Suécia, EUA , etc… ficaremos neste patamar de desemprego em alta, a previdência sem condições de manter sua folha de pagamentos, pessoas no auge de sua forma,( afinal a vida nao começa aos 40?), sem oportunidade num mercado que previlegia a juventude , que necessita do conhecimento mas que exclui os mais velhos….
    Talvez um dia o Brasil seja da Melhor idade.
    Um grande abraço

  2. Flavita
    dezembro 5, 2007 às 3:06 pm

    olá…
    Sou amiga da Creuza Moura que indicou esse blog.

    Como não sou nenhuma expert no assunto, continuo achando que o Brasil precisa urgentemente de reformas políticas, afinal, de que adianta “um país idoso” sem respeito e dignidade?
    Como viveremos mais sem dar importância às questões que estão diante de nossos olhos todos os dias.

    São homens e mulheres perdendo seu espaço no mercado de trabalho por completarem seus 40 ou 50 anos e me pergunto, a experiência não vale de nada? Então como educar jovens e ensinarmos a serem bons no que fazem se esse tempo é tão curto? A previdência nunca dispõem de dinheiro para pagar o que os aposentados realmente merecem, no entanto as mamatas do Brasil giram ano após ano em torno de milhões!

    Na minha modesta opinião o Brasil precisa de várias reformas e só assim teremos um futuro mais agradável!

    Me desculpe se falei alguma bobagem, ok?

    Bjkas
    Flavita

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: