Início > Bonsucesso, Futebol, Rio de Janeiro, São Cristóvão > PARABÉNS AO BONSUCESSO E AO SÃO CRISTÓVÃO!

PARABÉNS AO BONSUCESSO E AO SÃO CRISTÓVÃO!


Dois dos clubes de futebol mais tradicionais da cidade do Rio de Janeiro comemoram seus aniversários essa semana. Apesar de hoje estarem na Segunda Divisão do futebol carioca, eles expressam não apenas a era romântica dos clubes da nossa cidade – repletos de sócios e bailes sociais concorridos nos anos 1920, 1930 e 1940 -, mas também são verdadeiros patrimônios de seus respectivos bairros – diga-se de passagem, ambos atualmente em franca decadência…
O primeiro deles é o Bonsucesso Futebol Clube, que completa 94 anos de vida. Fundado em 12 de outubro de 1913, sua sede social localizada na Rua Teixeira de Castro – no bairro homônimo – é uma prova do quão era dinâmica e glamourizada a vida naquela região da cidade. Jóia da região da Leopoldina, que concentra também outros bairros como Ramos e Olaria, o Tricolor Rubro-Anil – também carinhosamente conhecido como Bonsuça – manda seus jogos no modesto mas histórico estádio Leônidas da Silva, chamado assim por ter sido lá onde surgiu o craque alcunhado de Diamante Negro– imortalizado no futebol por ter sido o inventor da “bicicleta”. Apesar de não ter tido nenhum título expressivo até o presente momento, o Bonsuça continua firme forte, nadando contra a maré de empresários, da perda de dinamismo da Zona Norte, da favelização e da fuga dos sócios…
O outro aniversariante é o charmoso São Cristóvão Futebol e Regatas, que completa 109 anos. Fundado em 12 de outubro de 1898, o time cadete é o único que é autorizado pela Fifa a ter apenas um único uniforme – um branco alvo, elegante e inquebrantável! O clube foi Campeão Carioca em 1926, fato este rememorado na parede atrás do gol esquerdo de seu estádio na Rua Figueira de Mello, cuja história foi descrita pelo historiador e torcedor cadete Raymundo Quadros em dois livros (Chuva de Glórias, Editora Pontes, 2004 e Memórias da Conquista: 80 anos do Título, Edição do autor, 2006, a venda na sede do clube, escrito em parceria com Gustavo Côrtes).
Outrora um clube de elite, posto congregar oficiais do exército, famoso pelos seus esportes naúticos, o São Cristóvão também amarga a decadência do Bairro de São Cristóvão, uma vez que perdeu grande parte da sua torcida com o surgimento do Vasco da Gama – cuja sede se situa próximo de Figueira de Mello -, além da falta de títulos, da desorganização interna e do empobrecimento da região. Mesmo assim, o clube se encontra em situação um pouco melhor do que o Bonsucesso, apesar do palacete localizado no estádio se encontrar em estado lastimável, bem como todas as suas instalações lá localizadas…
Com um pouco de sorte, você encontrará o Escriba em um desses estádios, sentado na arquibancada, assistindo a uma partida perdida no tempo, lembrando da época em que o futebol era repleto de personagens românticos como João Cantuária, Leônidas da Silva….
O Frade deve estar lá no alto em estado de graça, comemorando em alto e bom som com uma faixa rubro-anil atravessada no peito! Vida longa ao São Cristóvão e ao Bonsucesso!
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: