Início > Billy Corgan, Heavy Metal, Rock, Smashing Pumpkins > DICA DE CD – SMASHING PUMPKINS: Zeitgeist

DICA DE CD – SMASHING PUMPKINS: Zeitgeist

Depois de um longo e tenebroso inverno, eis que o Smashing Pumpkins – ou melhor, a sua alma impulsionadora – lança um trabalho novo: Zeitgeist , um dos discos mais pesados dessa banda de rock de Chicago…

O Smashing Pumpkins é uma das bandas mais criativas e promissoras do rock a partir da metade da década de 1990, tendo se destacado com o seu segundo álbum Siamese Dreams – para muitos fãs, o grande álbum da banda. Apesar do momento um tanto o quanto delicado -afinal o cenário do rock estava se recuperando do furacão Nirvana e da onda grunge -, o som dos Pumpkins sofre muitas influências do pós-punk, da música eletrônica e industrial, além do visual gótico e o apelo pop das suas composições.

Capitaneado pelo carequinha Billy Corgan (voz e guitarra), e os músicos James Isha (um criativo e barulhento guitarrista), a exótica D’Arcy Wretzky (baixo e voz) e por Jimmy Chamberlain, um baterista talentoso e junkie, os “abóboras amassadas” definitivamente ganharam as paradas de sucesso, primeiro, com o pretensioso disco duplo Mellon Collie and the Infinite Sadness – com ótimas músicas e baladas chatérrimas -, depois com o interessante e pouco compreendido álbum Adore – muito influenciado pela mistura de sons eletrônicos, industriais e góticos, na linha de bandas como Nine Inch Nails e Marylin Manson, que despontaram mais ou menos na mesma época.
O Smashing Pumpkins não é uma banda brilhante, e tem muita gente que não gosta do vocal enjoativo e anasalado de Corgan. Mesmo assim, é preciso fazer jus a criatividade musical do guitarrista, sempre com composições inspiradas e letras um tanto quanto introspectivas – para alguns detratores da banda, estas beiram às raias do emo (que maldade)…
As pazes com o som pesado foram feitas com ótimo Machina/The Machines of God – o último com a formação clássica da banda. Neste, ficam evidentes a influência de bandas tanto do arena rock como Queen e E.L.O., quanto de bandas pesadas como Black Sabbath, Judas Priest e Pantera. Aliás, o próprio Corgan cita o já falecido (e excepcional) guitarrista Dimebag Darrell (Pantera e Damageplan) como uma das suas maiores influências no instrumento…
Após ter gravado um disco com a banda Zwan e ter lançado um disco solo (The FutureEmbrace), Corgan anunciou a volta aos palcos e a gravação de um novo álbum de estúdio dos Pumpkinks. Apenas o baterista Jimmy Chamberlain aceitou, uma vez que o guitarrista James Isha vai muito bem obrigado com diversos projetos – dentre eles, a aclamadíssima banda A Perfect Circle, que conta com o vocalista John Maynard Keenan, da banda de prog-rock Tool (aliás, uma das maiores paixões desse Escriba)…
Zeigeist foi gravado somente por Corgan e Chamberlain, e nas apresentações ao vivo a banda conta ainda com o guitarrista Jeff Schroeder, a baixista Ginger Rayes e a tecladista Lisa Harriton. Sem sombra de dúvida, como afirmei no início desse post, trata-se do disco mais pesado da banda, com guitarras pesadíssimas raivosas e bateria de Chamberlain soando como uma tempestade. Os fãs mais antigos da banda podem ficar um pouco decepcionados com esse caminho, mas a banda naturalmente estava se dirigindo para um som mais heavy – com pitadas eletrônicas e industriais…
O barulho se faz presente em músicas como Doomsday Clock, 7 Shades of Black, Tarantula, United States (com um riff de dar orgulho ao Tony Iommi do Black Sabbath), além de músicas de consumo mais imediato como Bleeding The Orchid, Neverlost e Bring the Light.
Sem dúvida alguma, o Smashing Pumpkins é uma banda que merece ser ouvida. É para ouvir batendo a cabeça…
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: