Início > Brasil, Educação, Ensino Superior, Eventos, Intercâmbio, Relações Internacionais, Rio de Janeiro > SUCESSO NA REALIZAÇÃO DO I SEMINÁRIO DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO BRASIL-LÍBANO

SUCESSO NA REALIZAÇÃO DO I SEMINÁRIO DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO BRASIL-LÍBANO

Na manhã da quinta-feira passada – dia 30/08 – ocorreu a abertura do I Seminário de Intercâmbio Acadêmico Brasil-Líbano, realizado no Auditório 11 da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. O evento foi organizado pela Federação das Entidades Líbano-Brasileiras do Estado do Rio de Janeiro (FELB-RJ), pela Andifes e pela Faculdade de Educação da UERJ, com o apoio do Consulado Geral do Líbano no Estado do Rio de Janeiro.

A mesa de abertura do evento contou com a presença das seguintes autoridades: Prof. Jerônimo Rodrigues de Moraes Neto, Diretor do Departamento de Cooperação Internacional da UERJ, representando o Magnífico Reitor; Dr. Ali Daher, Cônsul Geral do Libano no Estado do Rio de Janeiro; Profa. Eloiza da Silva Gomes Oliveira, Diretora da Faculdade de Educação da UERJ; Sr. Georges Hage, Presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Agricultura Líbano-Brasileira do Estado do Rio de Janeiro; e Dr. Rogério Hanna Bassil, Presidente da Liga Libanesa do Brasil.

A conferência matutina foi proferida pelo Prof. Dr. Boutros Labaki, da Universidade de Saint Joseph. Labaki é Economista, Doutor em Ciências Econômicas pela Universidade de Paris IV, tendo sido Vice-Presidente do Conselho para o Desenvolvimento e a Reconstrução do Líbano entre 1994 a 2000. É autor do livro Bilan des Guerres du Liban : 1975 – 1990 (Paris: L’Harmattan, 1978), além de vários papers, relatórios e estudos para órgãos governamentais e agências internacionais de fomento econômico.

Sua conferência – “Economia e Desenvolvimento do Líbano” – teve início com uma breve exposição das origens do sistema educacional libanês, enfocando o ensino superior. Depois, o tema do desenvolvimento econômico do Líbano foi discutido, desde o momento de sua independência até os dias de hoje, enfatizando os efeitos nefastos das guerras civis para o crescimento econômico do país. Posteriormente, o panorama atual da economia libanesa foi minuciosamente dissecado, enfatizando nichos competitivos de mercado – tais como o sistema financeiro, as indústrias de moda e bijuteria, o turismo e a vitivinicultura no Vale do Bekaa. As complementariedades econômicas entre o Brasil e o Líbano foram abordadas na parte final da conferência, pontuando a necessidade imperativa de um aprofundamento dos laços econômicos e comerciais envolvendo os dos países.

Na parte da noite, duas conferências foram programadas. A primeira foi proferida pelo Prof. Dr. Melhelm Chaoul – Sociólogo, Doutor em Sociologia pela École de Hautes Études en Sciences Sociales de Paris, e atualmente Diretor do Centro de Pesquisas do Instituto de Ciências Sociais da Université Libanaise.

Sua conferência – intitulada “Organização Política, Social e Religiosa do Líbano” – foi uma exposição didática e meticulosamente estruturada a respeito da organização atual da sociedade libanesa, com ênfase nos aspectos geográficos, demográficos, políticos e religiosos. Para o Prof. Chaoul, os elementos demarcadores da identidade social libanesa passam necessariamente pelo tripé Familía – Região – Religião, o que permite aos cientistas sociais um entendimento não apenas das raízes estruturais dos conflitos no Líbano, mas também uma compreensão mais aprofundada da subjetividade libanesa.

A última conferência do programa foi proferida pelo Prof. Roberto Khatlab – Escritor, Pesquisador do LERC (Lebanese Emigration Research Center) da Notre Dame University e Pesquisador do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Kathlab é autor de vários livros sobre imigração libanesa no Brasil – Lebanese Migrants in Brazil: An Annotated Bibliography (LERC/Notre Dame University, 2006), Mahjar – Saga Libanesa no Brasil (São Paulo: Mokhtarat, 2002) e Brasil – Líbano: Amizade que desafia a distância (Bauru: Edusc, 1999).

O Prof. Kathlab expôs de maneira clara os diversos fluxos migratórios da população libanesa para o Brasil, bem como as suas diferentes circunstâncias históricas. Os diferentes enclaves libaneses no Brasil também foram apresentados em sua conferência, que foi comentada pelo Dr. Nelson Mufarrej Filho (Presidente da FELB-RJ) e pela cineasta Rose Lacreta (curadora da exposição Mosaicos do Líbano, e diretora de filmes como Ida e Vida ao Inconsciente, Encarnação, Nzinga e do documentário Tirando os Véus, realizado em parceria o canal de TV a cabo GNT).

O evento foi um grande sucesso, dada a grande presença de estudantes universitários de diferentes cursos da UERJ, bem como de integrantes da comunidade libanesa no Estado do Rio de Janeiro. Os resultados foram os melhores possíveis, dando origem a conversações no sentido de estabelecer um intercâmbio acadêmico envolvendo a UERJ e professores de universidades libanesas…

Agradeço a todos que acreditaram na realização desse evento, assim como todos que tiveram a experiência de acompanhar um dia memorável como esse…

Desde já, convido os leitores a participar da Jornada Cultural sobre o Líbano, a ser realizada no final do mês de novembro desse ano. Para maiores informações, basta acompanhar esse blog.

Muito obrigado a todos!

Prof. José Mauro G. Nunes
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: